Pesquisando Juscelino Kubitschek de Oliveira ( todos países )
Encontradas 82 ocorrências (0.0065235 %) Total de eventos  1,276,986
Mostrando de 71 até 82 ( Página 3 )Total de lançamentos  9,656,570


AstrologiaLua Nova (Clique para ver +) Tempo decorrido : 22 ano(s) 14 dia(s) 05/08 Pesquise 05 de Agosto/2000Pesquise o ano 2000 Morte Brasil Morte de Márcia Kubitschek (filha do ex-presidente Juscelino Kubitschek)  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira

AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 17 ano(s) 9 mes(es) 9 dia(s) 10/11 Pesquise 10 de Novembro/2004Pesquise o ano 2004 Exposição Brasil Exposição 'O Olhar Modernista de J.K.' no Museu de Arte Brasileira  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
AstrologiaLua Nova (Clique para ver +) Tempo decorrido : 16 ano(s) 6 mes(es) 19 dia(s) 31/01 Pesquise 31 de Janeiro/2006Pesquise o ano 2006 Homenagem Política Brasil Senado homenageia Juscelino Kubitschek (1902-1976)  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 12 ano(s) 11 mes(es) 7 dia(s) 12/09 Pesquise 12 de Setembro/2009Pesquise o ano 2009 Religião Brasil Missa Campal pelo 107º aniversário do Presidente Juscelino Kubitschek em Brasília  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
00/12/2011Pesquise o ano 2011 Literatura Brasil Juscelino Kubitschek é retratado em novo livro da Edições Câmara  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
 "Uma parceria entre a Câmara dos Deputados e o Senado Federal permitiu o resgate histórico da carreira política e da trajetória pessoal de Juscelino Kubitschek, descritas em livro assinado por Ronaldo Costa Couto. A obra leva o nome do presidente que construiu Brasília e traz dados de sua biografia, relatos de amigos e políticos, discursos marcantes e documentos históricos.
No prefácio do livro , o senador Pedro Simon afirma que o autor apresenta um texto “profundo e, ao mesmo tempo, claro e preciso”. Ressalta ainda que o texto "tem o dom de eternizar a história do presidente Juscelino Kubitschek”.
A publicação é dividida em duas partes. A primeira, intitulada “Biografia concisa de JK – Sonho e glória, amor e dor”, faz um resgate histórico de toda a vida do ex-presidente, desde sua infância em Diamantina/MG, passando pela trajetória profissional como médico, político e Presidente do Brasil, até sua morte em 22 de agosto de 1976.
A segunda parte da obra traz diversos discursos de JK, como o que defende a democracia e os seus direitos políticos e os proferidos em ocasiões como a transferência da Capital Federal e a inauguração de Brasília. Entre outros documentos, também estão disponíveis a entrevista do ministro Costa e Silva contra JK, o decreto de cassação de seu mandato e direitos políticos como senador e a homenagem póstuma de Tancredo Neves."
Câmara dos Deputados
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 8 ano(s) 10 mes(es) 27 dia(s) 23/09 Pesquise 23 de Setembro/2013Pesquise o ano 2013 Política Brasil Anunciada nova perícia para tentar esclarecer as circunstâncias da morte de Juscelino Kubitschek  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 8 ano(s) 10 mes(es) 18 dia(s) 01/10 Pesquise 01 de Outubro/2013Pesquise o ano 2013 Política Brasil Depoimento do motorista Josias Nunes de Oliveira sobre o acidente com Juscelino Kubitschek  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
 "Acidente JK: testemunha disse que tentaram comprá-lo
“Alguns dias depois do acidente, dois caras cabeludos que se disseram repórteres foram até a minha casa e ofereceram uma grande quantia de dinheiro para que eu assumisse a culpa pela morte do Juscelino. Se eu não aceitasse, eles disseram que iriam bater em mim. Eu não aceitei o dinheiro e eles nunca mais me procuraram. Não lembro o nome deles e nem de qual veículo eram” afirmou o ex-motorista Josias Nunes de Oliveira, em depoimento à Comissão Municipal da Verdade nesta terça-feira (14). Ele é uma das principais testemunhas do acidente que matou o ex-presidente da República Juscelino Kubitschek.
No dia 22 de agosto de 1976, Oliveira dirigia um ônibus da Viação Cometa pela rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro, quando na altura do município de Resende, o Opala em que JK estava atravessou na frente do ônibus e foi parar na pista contrária, se chocando com um caminhão. “Eu estava na faixa da esquerda e o carro de JK estava na da direita, em uma velocidade um pouco maior que a minha. De repente, tinha uma curva leve para a direita e o motorista do Juscelino continuou em linha reta. Como naquela época a Dutra não tinha guard rail, o carro atravessou sem o menor problema”.
Oliveira ainda relatou que logo após o acidente parou o seu ônibus no acostamento e se aproximou do veículo acidentado para prestar socorro. “JK não morreu logo depois da batida, ele chegou a mexer os olhos. Eu não o reconheci logo de primeira. Ele estava no banco de trás com o livro “As Mudas se Levantam” e eu só descobri que era o ex-presidente quando vi uns documentos que caíram de uma pasta”, disse.
Anos depois do ocorrido, o ex-motorista foi processado como responsável pelo acidente, mas o julgamento o inocentou. Hoje, Oliveira mora em um asilo no município de Indaiatuba, interior de São Paulo, e ainda convive com a suspeita de alguns, que ainda o consideram culpado pela morte de JK. “Minha vida piorou bastante. O mundo inteiro me acusou de criminoso!”.
Ao final do depoimento, o vereador Calvo (PMDB) sugeriu que assim como fez o passageiro do ônibus, Paulo Óliver, que depôs na comissão no dia 13/8, o ex-motorista da Viação Cometa deveria também elaborar um desenho da cena do acidente. Com isso, a comissão poderá levar o material para peritos analisarem, segundo o vereador."
Câmara Municipal de São Paulo
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 8 ano(s) 8 mes(es) 9 dia(s) 10/12 Pesquise 10 de Dezembro/2013Pesquise o ano 2013 Política Brasil Comissão da Verdade afirma que Juscelino Kubitschek foi assassinado  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
 "O relatório dos trabalhos realizados pela Comissão da Verdade “Vladimir Herzog” da Câmara Municipal divulgado nesta terça-feira (10/12) apresenta dezenas de evidências de que o ex-presidente da República Juscelino Kubitschek foi assassinado em 1976 e não morto em um acidente de carro, de acordo com a versão oficial apresentada durante a ditadura militar.
Entre as principais provas destacadas no relatório, estão os depoimentos do ex-motorista da Viação Cometa Josias Nunes de Oliveira que relatou o momento em que o carro em que estava JK "ultrapassou o ônibus pela direita e não fez a curva"; do ex-secretário de JK, Serafim Jardim, que revelou que o ex-presidente recebia ameaças e estava sendo vigiado por agentes do governo militar; além do perito criminal Alberto Carlos de Minas que relatou ameaças para não vincular o "acidente automobilístico a um atentado político.
"Nós estamos convictos de que Juscelino Kubitschek foi assassinado, não temos dúvidas disso. Estamos assumindo essa responsabilidade porque ouvimos muitos envolvidos na época e conseguimos juntar provas", explicou o presidente da Comissão da Verdade, vereador Natalini (PV).
Ao todo, foram 90 provas apresentadas no relatório assinado por todos os integrantes da Comissão da Verdade. Dessas, o presidente do colegiado destacou duas como principais para não deixar dúvidas sobre o assassinato de JK. “O perito Alberto Carlos de Minas encontrou fragmentos metálico no crânio do motorista de Juscelino Kubitschek, Geraldo Ribeiro, o que indica que ele foi vítima de disparo de uma arma de fogo e, por isso, ele perdeu o controle do automóvel. Outra prova que temos é a carta enviada à época pelo coronel chileno Manuel Contreras ao general de divisão João Baptista Figueiredo, chefe do Serviço Nacional de Informações em 1975, que relata a possibilidade de vitória de Jimmy Carter nos Estados Unidos, o que abalaria o Cone Sul. Isso poderia dar forças a Juscelino Kubitschek”, ressaltou Natalini.
Para a vice-presidente da Comissão da Verdade, vereadora Juliana Cardoso (PT), esse trabalho é fundamental para o Brasil. “Esse relatório é um trabalho essencial para a história e o principal que é uma forma de se evitar que esse tipo de regime volte a acontecer”, afirmou.
O documento, de acordo com Natalini, será encaminhado aos presidentes da república, Dilma Rousseff, do Congresso, Renan Calheiros e do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa. “Queremos que seja declarado que JK foi assassinado”, disse Natalini."
Câmara Municipal de São Paulo
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 8 ano(s) 3 mes(es) 28 dia(s) 22/04 Pesquise 22 de Abril/2014Pesquise o ano 2014 Brasil Comissão Nacional da Verdade conclui que Juscelino Kubitschek não foi assassinado  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 7 ano(s) 11 mes(es) 5 dia(s) 14/09 Pesquise 14 de Setembro/2014Pesquise o ano 2014 Morte Brasil Morte da ex-professora da UnB Vera Brant (confidente de Juscelino Kubitschek)  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 4 ano(s) 8 mes(es) 6 dia(s) 13/12 Pesquise 13 de Dezembro/2017Pesquise o ano 2017 Brasil Comissão da Verdade de Minas Gerais reafirma tese de atentado a Juscelino Kubitschek  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 4 ano(s) 3 mes(es) 22 dia(s) 28/04 Pesquise 28 de Abril/2018Pesquise o ano 2018 Literatura Brasil Ronaldo Costa Couto lança o livro 'O essencial de JK'  Frases ( 2 ) de Juscelino Kubitschek de Oliveira

Páginas 3 de 3 < 1 2 [3]

1999-2022 Ponteiro® - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial desta e de outras páginas. Apesar do empenho em manter as informações atualizadas e precisas, não fornecemos nenhuma menção ou garantia de qualquer espécie, expressa ou implícita, sobre a integridade, precisão, fiabilidade, adequabilidade ou disponibilidade no que se refere ao(s) website(s) ou às informações, produtos, serviços, ou imagens relacionados, contidos em nossas páginas para qualquer propósito. A confiança depositada nessas informações é, portanto, estritamente de sua própria escolha. Não apoiamos nenhum partido político. Política de privacidade: não coletamos ou divulgamos qualquer informação pessoal. Conteúdo isento de pornografia e outras bobagens, navegue sossegado :)
MultihostMade in Brazil3.235.140.84