Pesquisando Depoimento ( todos países )
Encontradas 481 ocorrências (0.0382661 %) Total de eventos  1,276,986
Mostrando de 246 até 280 ( Página 8 )Total de lançamentos  9,656,570


AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 10 mes(es) 13 dia(s) 10/03 Pesquise 10 de Março/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Depoimento de Pedro Barusco, ex-gerente de Engenharia da Petrobras, à CPI da Petrobras
 "A afirmação feita pelo ex-gerente de Tecnologia da Petrobras Pedro Barusco de que parte da propina paga por empresas que tinham contrato com a estatal foram repassadas ao tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, provocou discussão na CPI da Petrobras.
“Partidos como o PSDB estão gostando deste depoimento em que o depoente não explica tudo e diz meias verdades. Ele não sabe para onde foi o dinheiro e não quer explicar se tem interesses em empresas internacionais”, disse a deputada Maria do Rosário (PT-RS).
Ao responder pergunta do deputado Delegado Waldir (PSDB-GO), Barusco confirmou afirmação feita por ele em depoimento prestado à Justiça Federal no processo de delação premiada em que menciona pagamento ao PT para a campanha eleitoral de 2010.
Ele disse, em depoimento, que em 2010 Renato Duque (então diretor de Serviços da Petrobras, ao qual Barusco era subordinado) pediu ao empresário Júlio Faerman, representante da empresa holandesa SBM, US$ 300 mil como “reforço” de campanha eleitoral, “provavelmente” a pedido de João Vaccari Neto, quantia que teria sido “contabilizada” por ele como “pagamento destinado ao PT”.
“Aqueles 300 mil dólares que eu mencionei como reforço de campanha eram para a campanha eleitoral de 2010.”, disse Barusco à CPI.
Ele detalhou nos depoimentos propinas pagas por conta dos contratos da empresa Setebrasil, contratada pela Petrobras em 2011 para construir sondas de perfuração do pré-sal. Ele disse que a propina era distribuída da seguinte maneira: 2/3 para Vaccari e 1/3 para a “Casa” – ou seja, para os diretores da Setebrasil: Barusco, João Carlos de Medeiros Ferraz (presidente da Setebrasil) e Eduardo Musa (diretor de Participações).
“Quem combinou estes percentuais e onde vocês se encontravam?”, perguntou o deputado. “Eu comparecia em alguns encontros com Vaccari, normalmente em hotéis”, disse Barusco. “Mas quem deu procuração a Vaccari para arrecadar a propina?”, perguntou o deputado. “Eu não sei quem deu procuração para Vaccari atuar nas empresas, mas o fato é que ele operava”, respondeu.
Barusco explicou à Polícia Federal que recebia propinas de maneira sistemática da SBM entre 2000 e 2003, período em que era gerente de Tecnologia de Instalações. Ele disse que, nesse período, recebia quantias que variavam entre US$ 25 mil a US$ 50 mil por mês.
Em 2007, segundo ele, foi firmado outro contrato entre a SBM e a Petrobras, dessa vez para o fornecimento de um navio-plataforma chamado P57, um contrato de R$ 1,25 bilhão. Barusco era então gerente executivo de Engenharia e recebeu 1% do total entre 2007 e 2010. Ele disse que recebeu, só pelos contratos entre a Petrobras e a SBM, US$ 22 milhões entre 1997 e 2010.
Ele disse à Justiça que, entre 2003 e 2011, houve pagamento de propinas para ele, Barusco, bem como para João Vaccari e Renato Duque, relativo a cerca de 90 contratos de grande porte da Petrobras. À CPI, Barusco disse não saber como Vaccari atuava, ou seja, como operacionalizava o dinheiro recebido."
Agência Câmara
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 10 mes(es) 11 dia(s) 12/03 Pesquise 12 de Março/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Sérgio Gabrielli diz à CPI que gasoduto Gasene não é uma empresa de fachada
 "O ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli afirmou há pouco que o Gasene (malha de gasodutos entre Icatu-BA e a região Sudeste) não é uma empresa de fachada. “Não é correto dizer que a Petrobras é responsável direta pelo financiamento”, afirmou. Ele depõe agora na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades na estatal.
Em depoimento na CPI nesta terça-feira (10), o ex-gerente Pedro Barusco afirmou que houve pagamento de propina nas obras do Gasene, com parte dos recursos destinados ao PT. O Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com notícia de janeiro, apontou superfaturamento na obra e que a empresa paralela criada para realizar a obra era de “papel” e presidida por um “laranja”.
Gabrielli afirmou que o projeto foi viabilizado com empréstimo do Banco de Desenvolvimento da China e uma SPE foi constituída para utilizar esse financiamento. “Existem dezenas de SPE na Petrobras e em várias outras empresas do país”, acrescentou. Gabrielli, no entanto, admitiu que possa haver dificuldades de fiscalização das SPEs em função do capital privado dessas sociedades.
“Existem dois mundos. O mundo Barusco em que ele diz que a corrupção foi institucionalizada desde 2003 e o mundo Gabrielli que diz que é apenas a distribuição do lucro legítimo entre algumas pessoas. A CPI vai descobrir qual desses mundos é o da realidade e qual é o da fantasia”, afirmou o sub-relator que investiga irregularidades nas Sociedades de Propósito Específico (SPEs), deputado Bruno Covas (PSDB-SP)."
Agência Câmara
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 10 mes(es) 4 dia(s) 19/03 Pesquise 19 de Março/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil O ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, fica em silêncio diante dos deputados da CPI.
AstrologiaLua Nova (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 28 dia(s) 26/03 Pesquise 26 de Março/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Graça Foster presta depoimento à CPI da Petrobras
 "A ex-presidente da Petrobras Maria das Graças Foster disse à CPI que investiga irregularidades na empresa que a corrupção na companhia não era sistêmica nem institucionalizada.
“Eu concordo com o ex-presidente (da Petrobras) José Sérgio Gabrielli, que disse isso à CPI”, disse ela. Graça Foster afirmou que só foi informada de um esquema de corrupção na empresa quando foi deflagrada a Operação Lava Jato. “O mecanismo de controle interno nunca detectou suspeitas de cartelização nem de sobrepreço nos contratos até então.”
A partir da Operação Lava Jato, segundo ela, a Price Waterhouse, que faz auditoria externa da estatal, recomendou a criação de uma comissão interna para investigar as suspeitar de corrupção. Essa comissão foi criada e duas empresas contratadas para fazer uma investigação interna, a TRW e a Gibson. “Os resultados dessa investigação ainda devem demorar dois anos”, informou.
Graça Foster disse que a Petrobras merecia um gestor melhor que ela. “Alguém que identificasse esse tipo de caso de corrupção”, disse ela.
O deputado Aluisio Mendes (PSDC-AM) perguntou à ex-presidente da Petrobras se ela não tinha percebido sinais exteriores de riqueza da parte dos ex-dirigentes que admitiram ter recebido propinas de empresas contratadas pela estatal: Paulo Roberto Costa e Pedro Bariusco. “Eu não tinha contato nenhum com eles fora da Petrobras”, respondeu ela.
Graça Foster disse também que nunca viu o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, apontado como destinatário de pagamento de propina. “Nunca o vi na Petrobras nem em lugar nenhum, só na TV”, disse ela."
Agência Câmara
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 23 dia(s) 31/03 Pesquise 31 de Março/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Brasil CPI da Petrobras ouve o ex-gerente da refinaria Abreu e Lima, Glauco Legatti.
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 23 dia(s) 31/03 Pesquise 31 de Março/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Policial Brasil Alberto Youssef afirma que pagou R$ 400 mil na porta do diretório do PT
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 15 dia(s) 08/04 Pesquise 08 de Abril/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Chile Depoimento de Natalia Soto (nora da presidente Bachelet) na Fiscalía Regional de Rancagua
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 14 dia(s) 09/04 Pesquise 09 de Abril/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Depoimento do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, à CPI da Petrobras.
 "O depoimento do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, se transformou em bate-boca entre deputados do PT e de partidos da oposição depois de questionamentos feitos pelo deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) ao depoente. Sampaio chamou Vaccari de criminoso depois de listar denúncias anteriores feitas contra Vaccari pelo Ministério Público. O tesoureiro do PT foi presidente da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop), cujas operações financeiras foram alvo de uma CPI na Assembleia Legislativa paulista. De acordo com Sampaio, Vaccari foi denunciado por formação de quadrilha pelo Ministério Público de São Paulo.
“O senhor foi escolhido tesoureiro do PT por causa dessas atividades ilegais?”, perguntou Sampaio. Os deputados do PT Paulo Teixeira (SP), Maria do Rosário (RS) e Leo de Brito (AC) reclamaram da forma como o depoente estava sendo tratado. “Ele foi condenado em alguma ação?”, perguntou Teixeira.
Sampaio, ao interrogar Vaccari, disse que este tinha inovado ao tratar de propinas. “Existem relatos de que o senhor recebeu propinas por intermédio de um mensageiro de moto que foi ao diretório nacional do PT. Inventou o propina delivery”, disse Sampaio. “E também inovou ao fazer uma troca de propina com Pedro Barusco, que tinha uma propina a receber de uma empresa com quem o senhor tinha boas relações”, prosseguiu, remetendo aos depoimentos da delação premiada de Barusco à Justiça Federal.
“O senhor tinha intimidade com Barusco?”, perguntou Sampaio. Diante da negativa, o deputado não conteve a irritação: “Acha que nós somos palhaços?”.
Ao responder o deputado do PSDB, Vaccari repetiu que o empresário Augusto Mendonça, da empresa Toyo Setal, foi ao diretório do PT oferecer doação de campanha oficial. E admitiu ainda ter ido ainda ao escritório do doleiro Alberto Youssef. “Mas ele não estava”, acrescentou."
Agência Câmara
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 10 dia(s) 13/04 Pesquise 13 de Abril/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Chile O filho da presidente do Chile, Michelle Bachelet, depõe por suposto caso de corrupção.
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 7 dia(s) 16/04 Pesquise 16 de Abril/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Depoimento do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, à CPI da Petrobras.
AstrologiaLua Nova (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 9 mes(es) 23/04 Pesquise 23 de Abril/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Brasil Justiça Militar retoma depoimentos de réus do incêndio da boate Kiss + 123 eventos de Tragédia em Santa Maria
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 8 mes(es) 18 dia(s) 05/05 Pesquise 05 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Depoimento de Paulo Roberto Costa à CPI da Petrobras
 "O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa confirmou à CPI da Petrobras teor de depoimento que havia prestado à Justiça Federal, em que acusa o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) e o ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, já falecido, de cobrança de propina para evitar investigações de uma comissão parlamentar de inquérito no Congresso.
Ele disse não saber se era uma CPI da Câmara ou CPI Mista – com participação de senadores – mas afirmou que o pagamento foi feito. Costa não mencionou a quantia, nem a maneira como esse dinheiro teria sido pago, mas garantiu ter sido informado do pagamento pela empresa Queiroz Galvão.
Segundo ele, o encontro com Sérgio Guerra foi intermediado por Eduardo da Fonte e teria ocorrido em um hotel no Rio de Janeiro. “Recebi um pedido do deputado Eduardo da Fonte, do PP de Pernambuco, que pediu para se encontrar comigo e, chegando lá, estava também o senador Sérgio Guerra. Eles me disseram que estava ocorrendo uma CPI sobre a Petrobras e que isso poderia ser minorado ou postergado, mas que precisava ter um ganho, um ajuste financeiro”, disse."
Agência Câmara
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 8 mes(es) 16 dia(s) 07/05 Pesquise 07 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Depoimento do presidente da Sete Brasil, Luiz Eduardo Guimarães Carneiro, à CPI da Petrobras.
 "O deputado André Moura (PSC-SE), um dos sub-relatores da CPI da Petrobras, questionou a informação do presidente da Sete Brasil, Luiz Eduardo Guimarães Carneiro, de que a empresa privada foi criada para construir 28 sondas pela Petrobras. “Como poderia saber se ela seria vencedora da licitação da Petrobras? Essa licitação foi fraudada?”, perguntou. Segundo o presidente da empresa, houve concorrência na licitação e ela não foi fraudada.
Ele deixou claro, porém, que não participou do processo, já que assumiu a presidência da empresa, criada em 2011, há apenas um ano.
Segundo Carneiro, a Sete Brasil tem 12 acionistas, que investiram recursos próprios na construção das 28 sondas. Cada uma delas está a cargo de estaleiros que, segundo o ex-gerente de Tecnologia da Petrobras Pedro Barusco, pagaram propina a diretores da estatal e ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.
O principal acionista da Sete Brasil é o banco BTG Pactual (26%), mas a empresa possui também fundos de pensão, como o Previ (do Banco do Brasil) e o Petros (da Petrobras), além dos bancos Santander e Bradesco como investidores.
Segundo Carneiro, como os financiamentos previstos para a operação da empresa não foram liberados em decorrência da Operação Lava Jato, os acionistas investiram 1,8 bilhão de dólares em recursos próprios – de um total previsto de 23,4 bilhões de dólares. Cada uma das 28 plataformas contratadas pela Petrobras à Sete Brasil custa 800 milhões de dólares. Carneiro disse à CPI que apenas dois dos 28 estaleiros contratados pela empresa continuaram a operar normalmente desde novembro do ano passado, quando houve a suspensão dos pagamentos em função da Operação Lava Jato e da negativa do BNDES, o maior financiador, em liberar os 18 bilhões de dólares já aprovados por sua diretoria.
O deputado André Moura pediu ao presidente da Sete Brasil suas declarações de bens e rendimentos para verificar se ele declarou participação societária em diversas empresas. Segundo Carneiro, ele atuou na iniciativa privada como executivo de diversas empresas, como a OGX (do empresário Eike Batista) e a Schahin Engenharia, outra empresa investigada pela Operação Lava Jato. “É praxe diretores terem participação em empresas subsidiárias do grupo”, explicou."
Agência Câmara
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 8 mes(es) 12 dia(s) 11/05 Pesquise 11 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Alberto Youssef diz que movimentou quase R$ 200 milhões no esquema de corrupção na Petrobras
 "O doleiro Alberto Youssef disse à CPI da Petrobras que movimentou algo entre R$ 180 e 200 milhões no esquema de lavagem de dinheiro proveniente de propina paga por empresas contratadas pela Petrobras.
Youssef disse à CPI que operava preferencialmente para o PP, mas chegou a participar de operações para o PT, o PMDB e o PSB. Ele disse também que houve pagamento da empreiteira Queiroz Galvão para o PSDB, como maneira de abafar uma CPI para investigar o caso.
Durante quase quatro horas de depoimento à CPI da Petrobras, Youssef pediu desculpas à família por causa de seu envolvimento com desvios na Petrobras, “À sociedade brasileira também”, disse.
O doleiro disse que está disposto a colaborar e que reafirmou está falando a verdade.
Youssef depôs no auditório do edifício-sede da Justiça Federal em Curitiba. O próximo a ser ouvido é Mário Góes (empresário acusado de ser operador).
Também serão ouvidos ainda hoje: Guilherme Esteves de Jesus (acusado de ser operador financeiro do estaleiro Jurong); Adir Assad (dono de empresas de terraplanagem); Iara Galdino (apontada como funcionária da doleira Nelma Kodama)."
Agência Câmara
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 8 mes(es) 12 dia(s) 11/05 Pesquise 11 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil O doleiro Alberto Youssef afirma que o Palácio do Planalto sabia dos pagamentos de propinas
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 8 mes(es) 11 dia(s) 12/05 Pesquise 12 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil A doleira Nelma Kodama revela que viveu 'maritalmente' com Alberto Youssef
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 8 mes(es) 8 dia(s) 15/05 Pesquise 15 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Chile Depoimento do empresário chileno Andrónico Luksic Craig na Fiscalía de Rancagua
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 7 mes(es) 27 dia(s) 27/05 Pesquise 27 de Maio/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Brasil Justiça ouve suspeitos do caso do assassinato de Bernardo Boldrini + 42 eventos de Bernardo Boldrini
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 7 mes(es) 14 dia(s) 09/06 Pesquise 09 de Junho/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Brasil Alberto Youssef diz que representante da campanha de Dilma Rousseff lhe pediu dinheiro
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 5 mes(es) 24 dia(s) 30/07 Pesquise 30 de Julho/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Policial Brasil Depoimento de Othon Luiz Pinheiro da Silva na Polícia Federal
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 5 mes(es) 23 dia(s) 31/07 Pesquise 31 de Julho/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Brasil O ex-diretor da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, fica calado durante depoimento na Polícia Federal
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 5 mes(es) 11 dia(s) 12/08 Pesquise 12 de Agosto/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Chile Depoimento da nora de Michelle Bachelet, Natalia Compagnon, na Fiscalía Regional de Rancagua.
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 4 mes(es) 21 dia(s) 02/09 Pesquise 02 de Setembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Brasil Renato Duque acusa Augusto Mendonça de ladrão e mentiroso em depoimento à CPI da Petrobras
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 4 mes(es) 1 dia(s) 22/09 Pesquise 22 de Setembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Peru Depoimento da primeira-dama Nadine Heredia na Fiscalía de Lavado de Activos
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 3 mes(es) 25 dia(s) 29/09 Pesquise 29 de Setembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Policial Brasil Jorge Luiz Morais de Oliveira confessa mais três assassinatos
AstrologiaLua Nova (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 3 mes(es) 9 dia(s) 14/10 Pesquise 14 de Outubro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Depoimento de Aldemir Bendini à CPI da Petrobras
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 3 mes(es) 1 dia(s) 22/10 Pesquise 22 de Outubro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Estados Unidos Depoimento de Hillary Clinton no Comitê da Câmara dos Representantes
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 2 mes(es) 19 dia(s) 04/11 Pesquise 04 de Novembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Policial Brasil O filho do ex-presidente Lula, Luís Cláudio, presta depoimento à Polícia Federal em Brasília.
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 2 mes(es) 4 dia(s) 19/11 Pesquise 19 de Novembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Alexandre Paes dos Santos e José Ricardo da Silva optam pelo silêncio na CPI do Carf
 "Dois dos principais investigados na Operação Zelotes, da Polícia Federal, o empresário Alexandre Paes dos Santos e o ex-conselheiro do Carf José Ricardo da Silva optaram pelo silêncio ao comparecerem nesta quinta-feira (19) à CPI que apura irregularidades no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.
Alexandre Paes dos Santos, que atua como lobista de diversas empresas em Brasília e se encontra em prisão preventiva, disse que não tem nenhum interesse em aderir a uma delação premiada.
Entre as poucas declarações que deu na comissão, negou conhecer o empresário Luís Fábio Lula da Silva (filho do ex-presidente Lula) ou que tenha estado alguma vez com o ex-ministro da Casa Civil Gilberto Carvalho. Disse ainda 'não ter nada a ver com Carf'. 'Nunca fui nem trabalhei lá', acrescentou.
O empresário vem sendo investigado por tráfico de influência na edição de medidas provisórias que favoreceram setores como o automotivo."
Agência Senado
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 2 mes(es) 4 dia(s) 19/11 Pesquise 19 de Novembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Política Brasil Pedro Barusco confirma pagamento de propina em contratos da Sete Brasil
 "O ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco confirmou, nesta quinta-feira (19), à CPI dos Fundos de Pensão que houve pagamento de propina em troca de contratos da empresa Sete Brasil, da qual ele foi diretor, para construção de 28 navios plataforma para a Petrobras.
A propina, segundo o ex-gerente, somou um total de 10 milhões de dólares – 4,5 milhões dos quais pagos ao PT, por meio do então tesoureiro do partido João Vaccari Neto. O restante teria sido pago a Barusco e demais diretores da Petrobras e da Sete Brasil pelos estaleiros contratados para construir os navios.
Para o presidente da CPI, deputado Efraim Filho (DEM-PB), parte dessa propina teve origem nos fundos de pensão Previ (do Banco do Brasil), Petros (da Petrobras) e Funcef (da Caixa Econômica Federal) – que investiram R$ 3 bilhões na Sete Brasil. “Já comprovamos que houve aparelhamento político nesses fundos, com indicações de diretores ligados ao PT. Temos de investigar agora se eles foram usados para pagar propina e dar prejuízo aos aposentados”, avaliou o parlamentar.
Barusco, porém, disse aos deputados da CPI que não participou de negociações com representantes da Previ, Petros e Funcef. “Não era minha área. Eu cuidava da parte operacional”, declarou."
Agência Câmara
AstrologiaLua Crescente (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 1 mes(es) 30 dia(s) 24/11 Pesquise 24 de Novembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Brasil Depoimento de Marcelo de Jesus dos Santos, ex-integrante da Banda Gurizada Fandangueira. + 123 eventos de Tragédia em Santa Maria
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 1 mes(es) 29 dia(s) 25/11 Pesquise 25 de Novembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Jurídico Brasil Depoimento de Luciano Bonilha Leão, ex-integrante da Banda Gurizada Fandangueira. + 123 eventos de Tragédia em Santa Maria
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 1 mes(es) 28 dia(s) 26/11 Pesquise 26 de Novembro/2015Pesquise o ano 2015 Depoimento Policial Brasil Senador Delcídio do Amaral (PT-MS) diz que queria soltura de Cerveró por questões humanitárias
AstrologiaLua Minguante (Clique para ver +) Tempo decorrido : 6 ano(s) 17 dia(s) 06/01 Pesquise 06 de Janeiro/2016Pesquise o ano 2016 Depoimento Policial Brasil O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva presta depoimento à Polícia Federal, em Brasília.
AstrologiaLua Cheia (Clique para ver +) Tempo decorrido : 5 ano(s) 11 mes(es) 25 dia(s) 29/01 Pesquise 29 de Janeiro/2016Pesquise o ano 2016 Depoimento Jurídico Brasil Depoimento do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, ao juiz federal Sérgio Moro.

Páginas 8 de 14 « < 4 5 6 7 [8] 9 10 11 12 13 > »

1999-2022 Ponteiro® - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial desta e de outras páginas. Apesar do empenho em manter as informações atualizadas e precisas, não fornecemos nenhuma menção ou garantia de qualquer espécie, expressa ou implícita, sobre a integridade, precisão, fiabilidade, adequabilidade ou disponibilidade no que se refere ao(s) website(s) ou às informações, produtos, serviços, ou imagens relacionados, contidos em nossas páginas para qualquer propósito. A confiança depositada nessas informações é, portanto, estritamente de sua própria escolha. Não apoiamos nenhum partido político. Política de privacidade: não coletamos ou divulgamos qualquer informação pessoal. Conteúdo isento de pornografia e outras bobagens, navegue sossegado :)
MultihostMade in Brazil54.173.214.227